Inverno Danton Medrado

Inverno


INVERNO

 

Nas tardes frias de julho
Com pingos de chuva na vidraça,
Por mais que eu me agasalhe
O frio não passa…
Na certa, a noite serei inverno
Um dia vocês verão.

De onde vim
O sol brilhava o ano inteiro,
Mas a noite
Sob a luz do candeeiro
Eu sonhava em ser inverno,
Quando isso acontecer
Eu não verei, pois não sou eterno,
Mas vocês verão
O meu eu inverno.